Início Dossier “Autárquicas” 2018 – Zona Sul (3)

“Autárquicas” 2018 – Zona Sul (3)

134
0
COMPARTILHE

As autarquias continuam na ordem do dia e, a concluirmos a zona sul, debruçamo-nos em terno dos cabeças – de – lista das cidades e vilas autárquicas da província de Inhambane, nomeadamente, Inhambane, Maxixe, Quissico, Massinga e Vilankulo.

 Inhambane

Para a cidade autárquica de Inhambane, enquanto a Frelimo volta a apostar em Benedito Guimino, actual edil, como cabeça – de – lista, a Renamo aposta em Vitalino Macauze e,  a aposta do MDM recaiu, outra vez, sobre Fernando Nhaca.

 Benedito Guimino

Guimino, o Benedito, é actual edil de Inhambane,  nasceu na cidade da Maxixe em 1970, em em 1980 concluiu o ensino peimário.

No ano seguinte, em 81, entrou na Escola Secundária da Maxixe. Cinco anos depois  concluiu a nona classe, depois do que foi estudar para a Escola Pré-universitária de Mwachicoloane, em Gaza, onde concluiu o ensino pré-universitário em 1989 com a 11ª classe feita.

Aos 27 anos, em 1997, concluiu a licenciatura em Química na Faculdade de Ciências da Universidade Eduardo Mondlane.

Percurso profissional

Pouco antes de terminar a sua formação superior, foi trabalhar para o Ministério da Saúde, concretamente no Gabinete Nacional de Controlo de Qualidade de Medicamentos. Desempenhava a função de analista de medicamentos. Na verdade, a sua função era testar medicamentos para avaliar a sua qualidade antes que estes entrassem no mercado. Nas noites leccionava no Instituto de Saúde de Maputo. Essa relação com a Saúde durou apenas quatro anos, pois em 2000 foi à Zâmbia fazer um curso de controlo de qualidade industrial.

No regresso, ainda no mesmo ano, foi trabalhar para a província de Nampula, na fábrica da Coca-Cola

Regresso a Inhambane

Nos finais de 2000, Guimo regressou para Inhambane, desta vez para a cidade. No ano seguinte, foi afecto como professor na Escola Secundária Emília Daússe de Inhambane. Em 2003 recebeu o primeiro prémio de melhor professor daquele estabelecimento de ensino. O feito repetiu-se nos dois anos seguintes: 2004 e 2005. Na sequência disso foi nomeado director da Escola Secundária de Muelé, instituição na qual trabalhou de 2006 a 2012, de onde saiu para dirigir os destinos da autarquia de Inhambane.

Vitalino Macauze

Vitalino Macauze é a aposta do parttido agora sob coordenação interina de Ossufo Momade e, a particularidade deste cabeça-de-lista, é que o seu nome, em algumas listas figura como Vitalino Maria!

Fernando Nhaca

Fernando Amélia Nhaca é o cabeça- de  – lista do MDM para a cidade autárquica de Inhambane,  nasceu a 18 de Dezembro de 1967 na Ilha da Inhaca, é professor de carreira passou parte da sua infância na Ilha da Inhaca.

Enquanto docente na Escola Secundária Emília Daússe,  Nhaca foi um dos maiores criadores de frango da cidade de Inhambane.

Perfil resunido de Fernando Nhaca

76/80 concluiu o ensino primário na Escola de Foruvela

81 concluiu a 5ª classe na Escola de Cambine, 82 concluiu a 6ª classe na Escola da Maxixe

83/85 concluiu o ensino secundário na Escola Emília Daússe

86/88 curso de Tecnologias Educativas na Faculdade de Educação

Como docente

– Professor na Escola Secundária Emília Daússe

– Professor na Escola Secundária da 4ª Unidade Especial de Intervenção Rápida

– Director pedagógico e docente do Seminário Médio Diocesano São Lucas

Maxixe

Para a cidade autárquica da Maxixe, na sua qualidade de cabeças – de –  lista, vão se “bater” para o cargo de presidente do Conselho Autárquico local, Fernando Bambo pela Frelimo, Simeão Uelemo pela  Renamo e José Rafael Siniquinha, avança pelo MDM.

Quissico

Pelas três pricimpais forças políticas do País, vão à contenda eleitoral pelo cargo de presidente do Conselho Autárquico de Quissico, na qualidade de cabeças – de – lista, conforme a legislação actualmente em vigor em Moçambique, Abílio Chiponde a encabeçar a Frelimo, Cândido Vasco Maculuve, Renamo e Faustino Nhamombe, indicado pelo MDM.

Massinga

Para a autarquia de Massinga, a Frelimo tem como cabeça – de- lista, Medy Geremias, a Renamo apostou em  Armando Arnaldo e Verdiano Massinga avança pelo MDM.

Vilankulo

William Thuzine  é a preferência da Frelimo para a direcção máxima da autarquia de Vilankulo, João Boaventura é a aposta da  Renamo e Ana Jordão vai lutar pelo MDM.

(Daniel Maposse)                                                                       (Continua)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here